“PC Siqueira Não É Mais Vesgo!” | O impacto psicossocial do estrabismo

PC Siqueira fez cirurgia de correção de estrabismo e não é mais ‘vesgo’

O vlogger PC Siqueira, que tinha o estrabismo ou ‘ser vesgo’ como uma das suas principais características aparentes, fez uma cirurgia para corrigir o alinhamento dos olhos e levantou uma questão importante para discussão: o impacto psicológico do estrabismo, além das diferenças em questões sociais e financeiras.

 

O texto abaixo é uma tradução livre (Fonte):

O impacto psicossocial negativo do estrabismo em adultos

INTRODUÇÃO:

A meta no tratamento de estrabismo é realinhar os eixos visuais para eliminar diplopia, produzir ou restaurar a visão binocular, expandir o campo visual binocular, e / ou fornecer uma aparência normal. O tratamento do estrabismo em adultos que não experimentam diplopia ou que não têm potencial binocular por vezes tem sido considerado como “estético”. Muitos adultos com estrabismo já declararam que ele teve um efeito negativo em suas vidas. Este estudo foi desenhado para determinar se existe um viés social negativo contra pacientes adultos com estrabismo que poderiam afetar as relações interpessoais e oportunidades de emprego.

MÉTODOS:

Uma pessoa ortotropica foi fotografada no ensino primário, olhada à direita e à esquerda. Estas fotografias foram então alteradas digitalmente para produzir esotropia e exotropia de magnitude similar. Aos indivíduos foi, então, pedido para avaliar uma única fotografia com referência a características de personalidade que são importantes para a interação social e capacidade de emprego.

RESULTADOS:

No geral, os rostos estrábicos foram julgados significativamente mais negativamente, por meio de 11 características descritivas, que os rostos não-estrábicos. O efeito da esotropia foi pior do que da exotropia.

CONCLUSÃO:

Estrabismo cria um preconceito social negativo significativo. Estas distorções podem ter um impacto negativo sobre a socialização e a empregabilidade. Tratamento de estrabismo pode positivamente alterar as características de aparência dos indivíduos e melhorar a sua capacidade de socializar normalmente e obter emprego. Por conseguinte, o tratamento do estrabismo não deve ser considerados simplesmente estético, mesmo quando não há esperança de melhorar a visão binocular.

Outro artigo (em inglês):

Os efeitos do estrabismo na qualidade de vida em adultos


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D

CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/






SEJA PSICOATIVO TAMBÉM E COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.