A ligação entre estresse e crises de epilepsia

O estresse pode aumentar a frequência de crises epilépticas.

transtorno de estresse pós-traumáticoUma pesquisa publicada na Science Signaling mostrou que o estresse e a ansiedade induzem a produção de um neuropeptídeo chamado de fator de liberação de corticotrofina (CRF), que coordena muitas respostas ao estresse no sistema nervoso central.

Mas, enquanto que em condições normais o CRF atua de modo a diminuir a excitabilidade em áreas propensas à ocorrência de convulsões, no contexto de epilepsia presente o neuropeptídeo adquire outras funções, devido a alterações nas vias de sinalização celular, tornando-se um promotor de convulsões. Então, o que seria uma resposta protetora ao estresse, torna-se uma resposta prejudicial ao estresse em indivíduos com epilepsia, explicando por que o estresse e a ansiedade podem aumentar a ocorrência de convulsões.


Referências:

Narla, C., Scidmore, T., Jeong, J., Everest, M., Chidiac, P., & Poulter, M. (2016). A switch in G protein coupling for type 1 corticotropin-releasing factor receptors promotes excitability in epileptic brainsScience Signaling, 9 (432) DOI: 10.1126/scisignal.aad8676

Via Brain Blogger



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.