Exercícios físicos aumentam massa cinzenta e retardam envelhecimento

O exercício pode beneficiar grandemente a saúde do nosso cérebro, atrasando o início do declínio cognitivo. Em um relatório publicado na Neurology em Março, foi mostrado o quão poderoso o exercício pode ser. O efeito da atividade física de lazer no desempenho cognitivo foi determinado e mostrou-se que o declínio cognitivo foi significativamente menos acentuado em indivíduos fisicamente ativos. Os baixos níveis de atividade física foram associados com pior função executiva, memória semântica, velocidade de processamento, com uma diferença que era igual a de 10 anos de envelhecimento.

O exercício aumenta o volume de massa cinzenta

Outro estudo para avaliar os efeitos de exercícios físicos sobre a saúde  mostraram que o efeito benéfico da atividade física no cérebro podem estar associadas com um aumento no volume de matéria cinzenta.

O artigo publicado no Journal of Alzheimer’s Disease mostra que a atividade física foi associada a maiores volumes de matéria cinzenta nos planos frontal, temporal e parietal, bem como do hipocampo, tálamo, e gânglios basais. Altos níveis de atividade física também foram vistos diminuindo a perda de volume da matéria cinzenta, substância associada a neurodegeneração.

Dois bons lembretes para se manter ativo.

Psicologia Experimental questoes exercicios

Referências:

Willey, J., Gardener, H., Caunca, M., Moon, Y., Dong, C., Cheung, Y., Sacco, R., Elkind, M., & Wright, C. (2016). Leisure-time physical activity associates with cognitive decline: The Northern Manhattan StudyNeurology DOI: 10.1212/WNL.0000000000002582



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.