Anorexígenos, cocaína e remédios para emagrecer

Um anorexígeno é um neurotransmissor peptídeo liberado pelo núcleo arqueado que suprime o apetite quimicamente. Esses peptídeos são responsáveis pela sensação de saciedade e plenitude fazendo com que o desejo por comida vá embora.

Um anorexígenos chamado CART (cocaine and amphetamine-regulated transcript) inibe a vontade de comer. Quando cocaína ou anfetaminas são dadas aos animais de laboratório os seus níveis de CART aumentam – isto é responsável pela supressão do apetite causada por estes medicamentos.

Quando um organismo sofre de privação alimentar seus níveis de CART diminuem, o que os faz querer comer. Quando eles estão saciados e cheios de comida os níveis aumentam e o desejo de alimentos diminui.

Anorexígenos

 

Anorexígenos para perder apetite e emagrecer

Com indicação médica e sob supervisão os anorexígenos podem ser usados para emagrecer.

“É preciso entender que os inibidores de apetite causam anorexia – que, apesar de ser o nome de um transtorno alimentar, significa simplesmente ‘perda de apetite’”, explica Andressa Heimbecher, médica endocrinologista especializada em emagrecimento e transtornos alimentares.


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D

CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/






SEJA PSICOATIVO TAMBÉM E COMENTA AÍ

2 comentários em “Anorexígenos, cocaína e remédios para emagrecer

  • 14/01/2017 em 17:11
    Permalink

    Olá. Eu já fiz várias dietas, mas ainda não consegui atingir os resultados que eu queria. Será que se eu fazer uma dieta combinada com algum suplemento para emagrecer eu vou conseguir ter resultados melhores? Por favor, me da uma recomendação, eu já não sei mais o que fazer, sempre vejo promessas de emagrecimento simples, mas a realidade é que é bem demorado. 🙁

    Resposta
    • 14/01/2017 em 19:04
      Permalink

      Oi Carla. Se busca resultados à longo prazo, até onde sei, só com mudança de hábitos alimentares e de exercícios. Sobre suplementos, você precisa de ajuda de um profissional da área, como um nutricionista.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.